ATENÇÃO!

É permitida a reprodução de todo o conteúdo deste Blog Informativo Oficial da ABGLT, desde que citada a fonte. Evite contratempos. Aja corretamente.

23 de jan de 2013

Mensagem de boas-vindas do presidente da ABGLT


Em 1995 realizamos um sonho em Curitiba: 31 grupos fundaram a Associação Brasileira de Lésbicas Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). Muitas companheiras e muitos companheiros participaram desta ousadia quando ainda não existia nenhuma rede nacional de defesa e promoção da comunidade LGBT no País.

Lutamos e crescemos. Hoje, a ABGLT tem 256 organizações afiliadas, e nesta assembleia,  este quantitativo irá aumentar para algo em torno de 260 organizações afiliadas em todo Brasil.

Naquela época não havia paradas LGBT. Hoje há pelo menos 200, em todas as regiões brasileiras.

Naquela época havia muito mais preconceito, discriminação e violência, e nenhuma política pública para nossa comunidade. Hoje, ainda persiste em grande parte a discriminação e a violência, inclusive com aumento do fundamentalismo religioso. Porém conseguimos em parceria com os governos realizar duas Conferencias Nacionais LGBT e reivindicar o tão sonhado Tripé da Cidadania LGBT: Plano Nacional, Coordenadoria e Conselho Nacional LGBT. Em alguns estados e municípios já há esta estrutura fundamental.

Agora estamos ficando “de maior”. A nossa ABGLT está completando 18 anos, no próximo dia 31 de janeiro. É hora de fazermos um balanço destes 18 anos de lutas, conquistas e realizações; e proporemos saídas para os nossos desafios.

Também vamos eleger a nova diretoria para os próximos anos, inclusive com reforma estatutária par democratizar ainda mais a nossa instituição. Assim, temos orgulho de ter contribuído para a construção da cidadania LGBT no Brasil. Está aí a decisão do Supremo Tribunal Federal sobre união estável homoafetiva, o nosso status consultivo na ONU e muito mais.

Queremos um mundo e um Brasil sem quaisquer discriminações ou violência. Queremos viver em harmonia com todos e todas, sempre com respeito mútuo.

Sejam todos e todas bem-vindos(as) a Curitiba, terra do pinhão, para participarem das nossas assembleias-gerais estatuinte e eleitoral. Estaremos aqui para receber todas as lideranças LGBT que integram a Família ABGLT e, com muito carinho, acolher as novas lideranças que tornar-se-ão parte da maior rede de organizações LGBT da América Latina. Vamos receber a todos e a todas com braços abertos.

Toni Reis
Presidente da ABGLT
Gestão 2010/2013